EMBRACO: Foco na Cultura Corporativa

A Embraco, nasceu no Sul do Brasil, na cidade de Joinville (SC) em 10 de março de 1971, produzindo o frio. Possui 11.500 colaboradores espalhados pelo mundo, onde 15 destes trabalham na comunicação. São três unidades no Brasil, uma no México, um centro de distribuição e um escritório comercial nos Estados Unidos, uma unidade produtiva na Itália, na Eslováquia, duas na China e na Rússia, um centro de distribuição e um escritório comercial.

Sendo premiada em diversas categorias, a Embraco se destaca ao ser considerada por três vezes pela revista Guia Você S/A, como a melhor empresa para se trabalhar e também pelo prêmio ABERJE promovido pela Associação Brasileira de Comunicação Empresarial, com o case “WISEMOTION – Uma história em 12 idiomas”.

Desde 2014, a empresa passa por uma transformação na cultura. Para iniciar essa mudança, foi necessário realizar um planejamento, realizando um levantamento de quais os públicos que necessitariam passar por essa mudança, visando manter esse público sempre focado no cliente, com espírito inovador e de forma simples promovendo diálogo e engajamento. Nesta análise foram identificados como públicos-alvo a liderança, o administrativo e o operacional da Embraco.

O primeiro público a se envolver nessa transformação foi a liderança, para que assim os demais colaboradores tivessem seus líderes como exemplo a ser seguido.

A área de comunicação, pensando em uma campanha que abrangesse todos os colaboradores, de todas as unidades, uma vez que a Embraco é uma organização multinacional, teve o insight de desenvolver seu planejamento estratégico com o tema das olímpiadas, que ocorre no mundo todo.

Dentre as estratégias utilizadas está o storytelling, que teve início com o presidente da organização. Mais uma técnica usada foi o planejamento em meio à crise, que contou com os diretores sendo agentes da transformação, objetivando a transparência com o público interno.

Outro método utilizado foram as ações lúdicas, fantasiando e recriando um dos símbolos mais importante das olímpiadas, a Tocha Olímpica, que assim como a original, passará por vários países, só que desta vez sendo denominada pela Embraco como Tocha da Transformação, percorrendo várias bases produtivas e escritórios comerciais da organização.

As mudanças que ocorrem constantemente na comunicação da empresa, dá se por conta de que “faz necessário que todos os colaboradores saibam que tem a capacidade de fazer a diferença e devem ter como propósito de que não podem trabalhar só pensando em dinheiro, precisa no mínimo ter um pingo de prazer” afirma Charles França, e é isso o que a Embraco quer oferecer transformando sua cultura e qualificando sua comunicação para o público interno.

“Em tempos de crise, as empresas precisam de respostas rápidas e soluções adequadas para manter seus negócios saudáveis. Fazer isso de forma consistente significa dinamizar a cultura corporativa e a comunicação interna têm papel fundamental nessa mudança. Em 2015, a Embraco deu início ao Projeto Transformação, que tem como objetivo garantir simplicidade, inovação e foco no cliente à companhia. A palestra irá mostrar como a comunicação interna atua como um dos principais agentes dessa transformação. ”

Charles França, Líder de Comunicação e Sustentabilidade da Embraco Brasil

Texto: Naiély Belinato e Bruna Almeida, acadêmicas de RP/5º período.

Embraco

Acadêmica Naiély Belinato, Coordenador de Comunicação da Embraco Charles França e Acadêmica Bruna Almeida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s