4 dicas para uma melhor escrita empresarial

 
A dica  foi dada por David Silverman. David é autor do livro Typo: The Last American Typesetter or How I Made and Lost 4 Million Dollars.

1. Instigue a ação
A coisa número um que separa um memorando, relatório ou apresentação do livro A Tale of Two Cities é a chamada para ação. Um conto é para ser aproveitado, escrita empresarial faz com que a “platéia” faça alguma coisa: investir numa fábrica de pipoca ou andar pelo prédio de forma organizada.

2. Adiante a informação
O diretor M. Night Shyamalan é pago para surpreender pessoas, nós não. Seja qual for a objetivo do seu e-mail, diga na primeira linha. Mistério e enredo são ótimas formas de entreter e ensinar. A não ser que sua função seja essa, adiante a informação.

3. Não assuma nada
O leitor precisa saber alguma informação importante para entender o e-mail? Se sim, deixe o leitor saber qual a linha de raciocínio levada em conta. E quando for continuar um assunto, não assuma que lembrem de tudo dito antes. Se você acha que uma sigla, termo ou referência pode causar dúvida, dê uma pequena explicação.

4. Faça o raciocínio
Quantas vezes você recebe um e-mail que diz “O que você acha?” seguido por uma cadeia de mensagens. Isso é o escritor dizendo “Estou com preguiça de explicar minha argumentação e qual meu ponto de dúvida específico.”. Quando você escreve, tenha certeza de que você explicou o raciocínio e onde o leitor deve focar a atenção.

Fonte: http://www.saiadolugar.com.br/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s