Pesquisa monitora marcas em redes sociais durante Carnaval

Das cerca de 59 mil menções nas redes sociais, mais 60% foi relacionada a empresas patrocinadoras das ações de carnaval.

São Paulo – O assunto do momento nas redes sociais e na mídia online é o carnaval. Para analisar o comportamento dos internautas, a MITI Inteligência realizou uma pesquisa entre o dia 21 e 25 de fevereiro, em que foram monitoradas as interações relacionadas às escolas de samba, os camarotes de carnaval e às marcas patrocinadoras.

“Muitas empresas aproveitam esse período para aumentar suas vendas e promover sua marca. A visibilidade dos eventos do período de carnaval faz com que as empresas sejam percebidas mais facilmente pelos consumidores, e isso acaba sendo bastante disseminado nas redes sociais, fortalecendo ainda mais esta exposição”, analisa a gerente de inteligência e marketing da MITI Inteligência, Elizangela Grigoletti.

Foram identificadas 58.758 menções nas redes sociais (Twitter, Facebook, blogs, YouTube, fóruns e sites de reclamação). Dessas, pouco mais de 37 mil foram relacionadas às 18 principais empresas patrocinadoras das mais populares festas de Carnaval. Monitorando as escolas de sambas, foram identificadas mais de 14 mil interações. A escola mais citada foi a Portela, com 12% das menções.

Entre as empresas patrocinadoras mais citadas estão o Itaú Unibanco, com 19,4% das interações; a Samsung, com 16,6%; e a marca de cerveja Brahma, responsável por 13,48% das menções. Dentre os 12 principais camarotes de festas, o mais popular foi o Camarote do Nana, em Salvador, responsável por 30,14% das menções.

Mídia online

A pesquisa analisou também as notícias veiculadas nas mídias on-line, por meio do monitoramento de mais de 3500 veículos de comunicação. Foram identificadas mais de 12 mil notícias. E dessas, quase 20% foram sobre as escolas de samba. Dentro desses 20%, a Portela, assim como nas redes sociais, foi a mais popular, com 28,8% das menções. Já relacionando apenas os patrocinadores, os mais citados foram a Petrobras, com 47,7% das menções; Bradesco com 12% e TIM com 11,9%.

A plataforma Clipping Express foi utilizada para monitorar o fluxo de notícias na mídia on-line foi e a plataforma postX foi utilizada para mensurar as interações nas redes sociais. Os dados avaliados para este estudo de apresentação são principalmente quantitativos, revelando em números o quanto as palavras-chave tiveram repercussão nas mídias sociais e mídias online. Os dados qualitativos permitiram a avaliação de uma amostragem de 10% das interações na plataforma postX, apresentando a tonalidade das citações como positivas visto que as plataformas possibilitam sob vários aspectos a visualização de diversos gráficos e infinitas combinações de dados.

Fonte: http://exame.abril.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s